Header Ads

Projeto Novo Olhar dará óculos gratuitos para alunos da Rede Municipal em Paudalho

De acordo com pesquisa do Ibope, 34% dos brasileiros nunca foram ao oftalmologista. O número é ainda maior entre as classes D e E (representadas por famílias que ganham, em média, até R$ 700 por mês) chegando a 44%. Ainda na mesma pesquisa os resultados preocupam, já que um terço dos entrevistados afirmou sofrer de alguma doença ocular e 61% conhecem alguém que passam por essa situação.

Agora, imagina as dificuldades de quem têm problemas de visão na hora do aprendizado? Pensando nisso, a Prefeitura do Paudalho por meio da Secretaria de Saúde, que teve parceria com a Secretaria de Educação, começou as ações do Projeto Novo Olhar nas escolas da cidade. A ação disponibilizará óculos gratuitos para alunos da Rede Municipal.

O projeto

O Novo Olhar está na fase de triagem, onde cerca de sete mil estudantes passam pelo teste de acuidade visual. Em seguida, os que precisarem serão encaminhados para oftalmologista e se identificado o problema, o aluno receberá um óculos totalmente gratuito. “Foi um compromisso que nós assumimos com o Ministério da Saúde de fazer com que os recursos da Prefeitura, que a gente denomina de recursos próprios, possam chegar até as pessoas e sobretudo chegar até nossas crianças”, comentou o secretário de Saúde, Orlando Jorge.

Yuri César, de 11 anos, passou pelo teste de acuidade visual. Ele comentou que a ação ajudará muitas famílias que não têm condições financeiras. “Acho legal que tem muitas crianças que não tem condições, muitos alunos precisam de óculos. Na hora de estudar, de fazer atividade, enxergar bem faz toda a diferença”, destacou.

Para o prefeito do município, Marcelo Gouveia, a ação tem único objetivo: oferecer suporte para os pequenos paudalhenses na hora do aprendizado. “Nós estamos fazendo um trabalho intensivo para que a gente acabe de uma vez por todas com esse problema. Vamos dar óculos para todas as crianças que não tenham condições financeiras e a partir do início do ano que vem esse problema será superado. É um marco em nossa Educação”, destacou.

Nenhum comentário