Header Ads

Colônia de férias das bibliotecas da Prefeitura do Recife com muitas atividades lúdicas e culturais

Oficinas de slime, dança, música, pintura, origami, contação de histórias, artes manuais, produção de mandalas, jogos e brincadeiras populares são algumas das opções oferecidas na colônia de férias da Prefeitura do Recife. A Rede de Bibliotecas pela Paz, da Secretaria de Segurança Urbana, está à frente das atividades lúdicas que acontecem até sexta (24). A ação Férias na Biblioteca oferece diversas práticas para a garotada de 4 a 12 anos. As dinâmicas serão realizadas pela manhã, das 10h às 11h30, e à tarde, das 14h às 16h. Nesta terça (21) é a vez dos espaços dentro dos Compaz Ariano Suassuna e Eduardo Campos iniciarem a colônia.
As atividades começaram nesta segunda (20) nas bibliotecas de Afogados e Casa Amarela com muita animação e cores. Heloísa, 5 anos, freqüenta o espaço público municipal da zona oeste desde os 2 aninhos e conta que gosta muito de participar das atividades. “Eu gosto mesmo de fazer desenho, dançar e correr”, disse a menina.
Já Pedro, 7 anos, outro frequentador assíduo da biblioteca de Afogados, revelou que “gosta de ver os livros, fazer as atividades e da contação de história”, falou. O usuário estava animado mesmo para fazer slime. Foi a primeira vez que ele confeccionou essa espécie de massa de modelar à base de cola, tinta guache e água boricada. “Estou fazendo vermelho, que é minha cor favorita”, confessou com sorriso no rosto. Para confecção do slime, as crianças usaram potinho e palito para mexer a mistura.
Em Casa Amarela, foi trabalhado o fortalecimento e laços familiares incentivando as crianças a se reconhecerem enquanto potencial integrantes desse grupo de pessoas,  através de contação de história e confecção de estrelas.
A programação acontece em quatro das cinco bibliotecas públicas municipais. Além das Populares de Afogados e Casa Amarela, na Afrânio Godoy (no Compaz Eduardo Campos, Alto Santa Terezinha) e na Carlos Percol (Compaz Ariano Suassuna, Cordeiro). A quinta biblioteca da Prefeitura, a Julia Santiago, do recém inaugurado Compaz Miguel Arraes, na Praça da Caxangá, inicia suas atividades em fevereiro.
Para participar, basta levar o menor na biblioteca onde ele quer realizar a atividade. Para a turminha menor (4 a 7 anos) as atividades são pela manhã. À tarde é a vez dos maiores (8 a 12 anos) se divertirem e explorarem as práticas lúdicas e de interação com os livros.
REDE DE BIBLIOTECAS PELA PAZ - As bibliotecas da Rede de Bibliotecas pela Paz enquadram-se no conceito de “Biblioteca Viva”. Sua configuração se aproxima de um centro cultural, inserindo a leitura como foco na vida das pessoas. As atividades oferecidas são dinâmicas e lúdicas, com intuito de mostrar o quão atrativo é o conhecimento. Os espaços dispõem de várias opções para crianças, jovens, adultos e idosos.
A Rede, que faz parte da Secretaria de Segurança Urbana, é composta por cinco bibliotecas. As Populares de Casa Amarela (Jornalista Alcides Lopes), de Afogados (Jornalista Ronildo Maia Leite), Afrânio Godoy (do Compaz Governador Eduardo Campos - Alto Santa Terezinha), Jornalista Carlos Percol (Compaz Escritor Ariano Suassuna - Cordeiro) e Julia Santiago (Compaz Miguel Arraes - Praça da Caxangá).
PROGRAMAÇÃO FÉRIAS NA BIBLIOTECA
Biblioteca Popular de Afogados – Jornalista Ronildo Maia Leite
Segunda ( 20/01), manhã (10h às 11h30) e tarde (14h às 16h)
Oficina de Slimes: Dinâmicas de interação e dança, contação de história, estímulos sensoriais e produção de slimes.
Terça (21/01)
Manhã (10h às 11h30): Pipa colorida: Contação de história, música e resgate do brinquedo popular Pipa a partir de formas geométricas.
Tarde (14h às 16h): Ninho de borboletas: Confecção de origami, alongamento, música, produção de painel para fotos.
Quarta (22/01)
Manhã (10h às 11h30): Salve o nosso mangue! : Promover a consciência ambiental através de contação de histórias, dança e confecção de caranguejos de material reciclável.
Tarde (14h às 16h): Abracadabra: Dinâmicas, concurso de risada de bruxa, jogo da memória coletivo, confecção de colares (amuletos)
Quinta (23/01)
Manhã (10h às 11h30): Aventuras no fundo do mar: Canções de mar, contação de história e oficina de pintura de barquinhos de papel.
Tarde (14h às 16h): Africanidades: Respeito à ancestralidade, música, contação de histórias, cultura
africana, trabalhar os sentimentos e produção de mandalas.
Sexta (24/01)
Manhã (10h às 11h30): Circuito de atividades lúdicas de cunho ambiental em parceria com a SES Cordeiro utilizando brinquedos e brincadeiras com material reutilizado.
Tarde (14h às 16h): Show Ilana Ventura


Biblioteca Popular de Casa Amarela – Jornalista Alcides Lopes
Segunda ( 20/01), manhã (10h às 11h30) e tarde (14h às 16h)O brilho que eu transmito: Fortalecer os laços da família, incentivando a criança a se reconhecer enquanto potencial familiar através de contação de história e confecção de estrelas.
Terça (21/01)
Manhã (10h às 11h30): Circuito de atividades lúdicas de cunho ambiental em parceria com a SES Cordeiro utilizando brinquedos e brincadeiras com material reutilizado.
Tarde (14h às 16h): Show com Ilana Ventura
Quarta (22/01)
Manhã (10h às 11h30): Pipa colorida: Contação de história, música e resgate do brinquedo popular Pipa a partir de formas geométricas.
Tarde (14h às 16h): Ninho de borboletas: Confecção de origami, alongamento, música, produção de painel para fotos.
Quinta (23/01)
Manhã (10h às 11h30): Salve o nosso mangue! : Promover a consciência ambiental através de contação de histórias, dança e confecção de caranguejos de material reciclável.
Tarde (14h às 16h): Abracadabra: Dinâmicas, concurso de risada de bruxa, jogo da memória coletivo, confecção de colares (amuletos)
Sexta (24/01)
Manhã (10h às 11h30): Aventuras no fundo do mar: Canções de mar, contação de história e oficina de pintura de barquinhos de papel.
Tarde (14h às 16h): Africanidades: Respeito à ancestralidade, música, contação de histórias, cultura africana, trabalhar os sentimentos e produção de mandalas.
Biblioteca Jornalista Carlos Percol – Compaz Ariano Suassuna (Cordeiro)
Segunda ( 20/01)Não haverá colônia
Terça (21/01)
Manhã (10h às 11h30): Salve o nosso mangue! : Promover a consciência ambiental através de contação de histórias, dança e confecção de caranguejos de material reciclável.
Tarde (14h às 16h): Abracadabra: Dinâmicas, concurso de risada de bruxa, jogo da memória coletivo, confecção de colares (amuletos)
Quarta (22/01)Manhã (10h às 11h30): Aventuras no fundo do mar: Canções de mar, contação de história e oficina de pintura de barquinhos de papel.
Tarde (14h às 16h): Africanidades: Respeito à ancestralidade, música, contação de histórias, cultura africana, trabalhar os sentimentos e produção de mandalas.
Quinta (23/01)
Manhã (10h às 11h30): Circuito de atividades lúdicas de cunho ambiental em parceria com a SES Cordeiro utilizando brinquedos e brincadeiras com material reutilizado.
Tarde (14h às 16h): Show com Ilana Ventura
Sexta (24/01)Manhã (10h às 11h30): Pipa colorida:. Contação de história, música e resgate do brinquedo popular Pipa a partir de formas geométricas.
Tarde (14h às 16h): Ninho de borboletas: Confecção de origami, alongamento, música, produção de painel para fotos.
Biblioteca Afrânio Godoy – Compaz Eduardo Campos (Alto Santa Terezinha)Segunda ( 20/01)Não haverá colônia
Terça (21/01)
Manhã (10h às 11h30): Aventuras no fundo do mar: Canções de mar, contação de história e oficina de pintura de barquinhos de papel.
Tarde (14h às 16h): Africanidades: Respeito à ancestralidade, música, contação de histórias, cultura africana, trabalhar os sentimentos e produção de mandalas.
Quarta (22/01)Manhã (10h às 11h30): Circuito de atividades lúdicas de cunho ambiental em parceria com a SES Cordeiro utilizando brinquedos e brincadeiras com material reutilizado.
Tarde (14h às 16h): Show com Ilana Ventura
Quinta (23/01)Manhã (10h às 11h30): Pipa colorida: Contação de história, música e resgate do brinquedo popular Pipa a partir de formas geométricas.
Tarde (14h às 16h): Ninho de borboletas: Confecção de origami, alongamento, música, produção de painel para fotos.
Sexta (24/01)Manhã (10h às 11h30): Salve o nosso mangue! : Promover a consciência ambiental através de contação de histórias, dança e confecção de caranguejos de material reciclável.
Tarde (14h às 16h): Abracadabra: Dinâmicas, concurso de risada de bruxa, jogo da memória coletivo, confecção de colares (amuletos)
  

Nenhum comentário