Header Ads

Escolas da rede municipal do Paulista recebem reformas

Aproveitando o recesso escolar, a Secretaria de Educação do Paulista está realizando a manutenção da estrutura física de algumas escolas. Atualmente 17 unidades de ensino estão passando por reformas e revitalizações através das equipes de Manutenção. O objetivo é proporcionar mais conforto e comodidade aos alunos e servidores, no retorno às aulas.
Segundo o engenheiro Civil da Secretaria de Educação André Luís Sena disse que 46 profissionais de diversas áreas estão envolvidos na recuperação dos centros de ensino. “Contamos com uma equipe formada por pintores, pedreiros, marceneiros, gesseiros, serralheiros e montadores. Todas as unidades estão recebendo nova pintura e manutenção na parte elétrica e hidráulica.”
Na Escola Municipal Miguel Arraes, no Janga, foram feitos reparos no telhado, revisão da rede elétrica e do sistema hidráulico; pintura das paredes. Na unidade também será construído um campo de areia de futebol e de vôlei.
Segundo o secretário de Educação Carlos Ribeiro Júnior, a reforma das escolas faz parte de um planejamento estratégico da gestão municipal. “Fizemos um planejamento pensando na volta às aulas. É importante ter um ambiente pintado, ventilado, com boa iluminação para acolher o aluno da melhor forma possível”, concluiu.
Além das unidades de ensino, a biblioteca pública está passando por uma reforma. A obra contempla o telhado, manutenção em toda a rede elétrica e ajustes na iluminação. Além disso, o espaço receberá uma nova pintura, climatização, mobiliário confeccionado sob medida e computadores.  
A biblioteca pública do município fica ao lado da Escola Municipal Firmino da Veiga, no Centro. Quando estiver funcionando, os alunos e o público em geral poderão desfrutar do espaço durante os dois turnos, pela manhã e à tarde. A expectativa é que o equipamento público seja entregue ainda nesse primeiro semestre. Durante a reforma da biblioteca, os alunos poderão realizar suas pesquisas nas 26 bibliotecas da rede municipal de ensino. 

Nenhum comentário