Header Ads

Governo estadual reforça importância dos conselhos para fortalecimento de políticas públicas

Foi realizada, na tarde desta quinta-feira (30/01), a posse do Conselho Estadual de Direitos da População LGBT de Pernambuco  para o Biênio 2020-2022. O evento foi realizado no auditório do anexo da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, na Rua Gervásio Pires, na Boa Vista. O ato ocorre num momento em que o contexto nacional é de retirada de direitos e de políticas públicas que favoreçam a população com maior vulnerabilidade. Em contraponto, o Governo do Estado, garante a existência do Conselho, que tem por objetivo formular e propor diretrizes e ações estaduais para o combate à discriminação e promoção e defesa dos direitos das Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. O Conselho é composto por onze  instituições da organização social e onze Secretarias do Estado.

“Pernambuco é o estado modelo em políticas públicas voltadas para a população e um dos poucos estados que garante o tripé da cidadania LGBT, obedecendo a Criação da Coordenadoria de Políticas voltadas para a população LGBT, a criação de um Plano Estadual de Direitos para a População LGBT e o Conselho de Direitos da População LGBT”, afirmou a nova presidente do Conselho LGBT, Poliny Aguiar. Entre os principais objetivos para a sua gestão está a criação do plano para o biênio 2020-2022, a organização de Conferências municipais, regionais e estadual, além do fortalecimento do próprio Conselho. “Tendo em vista o desmanche dos conselhos nacionais, o Estado vai na contramão e reforça a presença dos conselhos. Pernambuco  mostra que as ameaças à democracia precisam de atitudes e gestos concretos”, disse a vice-governadora, Luciana Santos, que participou da cerimônia.

Do Seu Jeito - Na última quarta-feira (29/01), Dia Nacional de Visibilidade Trans, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, deu início a nova campanha, “Do Seu Jeito”, que vai percorrer instituições públicas e privadas, além de espaços de lazer e turismo, conscientizando a população sobre o respeito a identidade de gênero e a cidadania das pessoas transexuais, além de reafirmar o direito ao nome social. 

A ação, que vai se estender por todo o ano, começa as atividades visitando as 29 Agências do Trabalho de Pernambuco, numa parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação. “A campanha tem como foco conscientizar a sociedade, mas nosso objetivo principal é ressaltar a importância de todas as instituições, seja ela pública ou privada, a investirem na inserção educacional, formação profissional e promoção da cidadania das pessoas trans, um público que muitas vezes é posto em situação de vulnerabilidade social pela discriminação familiar e social”, destaca o secretário Sileno Guedes.

Nenhum comentário