Header Ads

Museus do Recife celebram na internet a Semana do Patrimônio Cultural

Mesmo com expedientes presenciais cessados pela pandemia, dois museus geridos pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, prepararam uma programação inspirada para preencher o oco da pandemia com sentidos e conteúdos históricos, engajando-se na Semana Nacional do Patrimônio Cultural, que começa hoje (17) em todo o país, convidando a atividades virtuais, reflexões e discussões sobre o povo que somos, de onde viemos e como pretendemos continuar a escrever essa história, a partir dos equipamentos culturais que nos foram legados.

Repetindo o bem sucedido formato de interação e programação virtual experimentado no início do mês, nas celebrações a Burle Marx e sua obra verde, O Museu da Cidade do Recife promoverá mais um desafio de perguntas para seus seguidores do Instagram (@museudacidadedorecife). Desta vez, serão 10 perguntas relacionadas ao patrimônio material e imaterial do Recife, que serão publicadas no stories do Museu na próxima quinta-feira (20). Quem acertar todas as respostas participará de um sorteio para ganhar um presente especial: o catálogo “Imagens do Recife - Ruas”, organizado por Josivan Rodrigues, que traz belas imagens da capital pernambucana registradas no século XX, muitas delas datadas da década de 40. As imagens possuem formato de postal e são destacáveis.

As perguntas foram elaboradas pelo historiador do MCR Sandro Vasconcelos, para quem a ação intensifica a missão do museu, de construir possibilidades para reflexão sobre a memória, a história e o desenvolvimento do Recife, sempre buscando a preservação e valorização dos seus patrimônios, a educação patrimonial e a pesquisa, e sensibilizando a população sobre a importância de respeitar e proteger nosso patrimônio.

O Paço do Frevo, Centro de Referência na salvaguarda do Patrimônio Imaterial mantido pela Prefeitura do Recife, também está engajado nas celebrações nacionais ao Patrimônio, com uma série de ações voltadas a estimular reflexões e atitudes frente aos desafios vivenciados no cotidiano patrimonial. Reconhecendo a importância de se prospectar pensamentos e ações que interliguem patrimônios locais a pautas e engajamentos globais, o Paço do Frevo promoverá, nesta terça (18), o web encontro “Conversa Virtual: Projetos Culturais e a Agenda 2030”, às 14h.

A programação é resultado de uma parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e o Observatório de Políticas de Comunicação e Cultura (POLOBS) da Universidade do Minho, em Portugal, através do projeto transnacional “Cultura e Desenvolvimento: Projetos culturais e a Agenda 2030” idealizado e implementado pelo POLOBS.

Para discutir temas como a Agenda 2030, os desdobramentos do desenvolvimento sustentável aclamado pela ONU para o fazer cultural no Brasil, além das práticas patrimoniais nacionais e locais, participarão do debate Vanessa Marinho, mestre em história e coordenadora de conteúdo do Paço do Frevo; o etnomusicólogo, pesquisador e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Carlos Sandroni; e o pesquisador e coordenador do Observatório de Políticas de Comunicação e Cultura (POLOBS) da Universidade do Minho em Portugal, Manuel Gama.

SEMANA DO PATRIMÔNIO -  Instituído no ano de 1998, o Dia Nacional do Patrimônio Cultural é celebrado em 17 de agosto, em homenagem ao nascimento do historiador e jornalista mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade, que foi um dos fundadores e o primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

A data celebra o conjunto de bens materiais e imateriais considerado de extrema importância para a história, a memória e a identidade de um povo e a sua cultura. Entender e respeitar o patrimônio cultural em todas as suas manifestações e diversidade é o mesmo que compreender a importância da cultura para a sociedade e a formação de seus elementos identitários.

Nenhum comentário