Header Ads

Projeto 'Florestar vai à Escola' utiliza educação ambiental como ferramenta de transformação em Olinda

A Escola Municipal de Tempo Integral CAIC - Norma Coelho, em Peixinhos, foi escolhida como a primeira unidade de ensino para implantação do Projeto Florestar Vai à Escola, programa desenvolvido pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em parceria com a Secretaria de Infraestrutura do município tem início nesta quarta-feira (23). As aulas acontecerão, inicialmente, de forma virtual, através de grupos de whatsapp da escola.

Cerca de 110 estudantes das séries iniciais - primeiros cinco anos - participarão até o dia 30 de setembro de um processo de alfabetização ecológica. Ele aborda diversos temas: construção da consciência ambiental, do pensamento sustentável, práticas de economias dos recursos naturais, preservação do meio ambiente e contato com a terra.

Por conta da pandemia do Covid-19, o Projeto Florestar vai à Escola contempla duas turmas em três fases distintas, com carga horária de 16 horas por turma. Todos os participantes terão certificados de aprendizes de viveiristas florestais.  Um kit referente ao material didático composto de uma cartilha de Viveirista Florestal Educador, contendo todas as etapas do cultivo e manejo de sementes e mudas de maneira simples foi entregue aos pais de cada estudante.

Após as aulas teóricas, os alunos passam à prática, que será o plantio de mudas de girassóis nas suas próprias residências. Enquanto eles estão participando das aulas online, a unidade Norma Coelho recebe um canteiro para plantio de mudas da fauna brasileira e um plano de arborização que prevê mais verde nas laterais do passeio, quadra e campo de futebol da escola.

“Plantar uma árvore vai muito além de muitos discursos teóricos da academia e dos cientistas mundo afora. Este momento representa muito mais”, afirmou o prefeito de Olinda, Professor Lupércio. Para o Secretário de Educação, Paulo Roberto Souza Silva, adotar práticas pedagógicas multidisciplinares ajuda o município, que colabora com a redução da evasão escolar e com a elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Nós estamos avançando bastante no município a partir de ações integradas como esta. Temos o orgulho de dizer que quase o resultado do nosso IDEB é resultado do trabalho que estamos realizando juntos e devemos isso a todos os nossos professores”.

Nenhum comentário