Brasil é campeão do Sul-Americano de Atletismo de Menores na Argentina

Os atletas brasileiros confirmaram o favoritismo e conquistaram o título do 21º Campeonato Sul-Americano de Atletismo de Menores, encerrado neste domingo (28.10) em cidade de Mendoza, na Argentina. A equipe nacional somou 372 pontos (195 no masculino e 177 no feminino) ao conquistar 42 pódios, sendo 13 de ouro, 10 de prata e 19 de bronze, nas provas para atletas de 15 a 17 anos. Na classificação por pontos, o segundo lugar ficou com a Argentina (184,5) e o terceiro com o Chile, com 158 pontos.

O Sul-Americano reuniu 440 atletas (237 homens e 203 mulheres) de 11 países - 10 da América do Sul e a Costa Rica. Os destaques brasileiros foram Ana Paula Caetano de Oliveira e Thiago Júlio Alfano Moura, no salto em altura, Tamiris de Liz, nos 100m, Jefferson de Carvalho Santos, no octatlo, João Gabriel Bento, nos 110m com barreiras, Izabela Rodrigues da Silva, no peso e no disco, Gabriele Sousa dos Santos, no distância e no triplo, e Mateus Daniel de Sá, no salto triplo, além dos integrantes do revezamento medley masculino.

Formada por Jonatas Rodrigues, Vítor Hugo dos Santos, Gabriel dos Santos e Rafael Lourenço Peres, a seleção do revezamento medley do Brasil ganhou a medalha de ouro na última prova da competição, com o tempo de 1min55s50. Com essa marca, a equipe assumiu a liderança no ranking mundial da categoria, que estava com a Ucrânia, com 1min55s52.


Outro resultado expressivo foi obtido por Jefferson de Carvalho Santos, ganhador da medalha de ouro no octatlo. Ele superou a barreira dos 6.000 pontos e manteve o terceiro lugar no Ranking Mundial da IAAF. Jefferson somou 6.141 pontos e o seu recorde pessoal anterior era de 5.927.

Na quinta e última etapa do torneio, o Brasil ganhou mais três medalhas de ouro, com Thiago André, nos 3.000m (8min34s47), Mateus Adão de Sá, no salto triplo (15,26 m e 0.7 de vento), e com Ana Karolyne Silva, nos 800m (2min12s60).


Classificação final por pontos:


1-Brasil - 372
2-Argentina - 184,5
3-Chile – 158
4-Colômbia – 125
5-Venezuela – 122
6-Peru - 82,5
7-Uruguai – 40
8-Panamá – 23
9-Bolívia – 19
10-Paraguai – 11

Quadro final de medalhas:

Brasil - 42 (13 de ouro, 10 de prata e 19 de bronze)

Colômbia - 12 (5, 6 e 2)
Argentina - 13 (5, 4 e 4)
Venezuela - 10 (3, 5 e 2)
Peru - 7 (3, 2 e 2)
Chile - 13 (2, 7 e 4)
Panamá - 2 (2, 0 e 0)
Uruguai - 4 (1, 3 e 0)
Bolívia - 2 (1, 0 e 1)
Paraguai - 1 (1, 0 e 0)


Fonte: CBAt
Foto: Marcelo Szwarcfiter
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.