Ads Top


Pernambuco apresenta suas “cartas” para conquistar novo centro de voos da Latam

Governador Paulo Câmara e prefeito Geraldo Julio apresentam as vantagens do Recife para receber o empreendimento bilionário

SÃO PAULO – O governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Julio, se reuniram hoje (04.05) de manhã com a presidente executiva da TAM, Cláudia Sender, para apresentar as vantagens de Pernambuco e do Recife na disputa pela implantação de um novo centro de voos internacionais e nacionais – conhecido como “hub” – do Grupo Latam (formado pela TAM e pela empresa aérea chilena LAN). Recife concorre com Fortaleza (CE) e Natal (Rio Grande do Norte).

A expectativa do setor aeronáutico brasileiro é que o novo centro de voos crie entre 8 mil e 12 mil empregos diretos e indiretos, com um investimento de R$ 3,9 milhões. “Viemos apresentar questões que são referências de Pernambuco, do Recife, como a nossa única localização geográfica, a nossa infraestrutura logística, de turismo; o polo automotivo, o polo médico, o polo petroquímico, as nossas universidades e o polo tecnológico”, disse o governador Paulo Câmara.

Outro aspecto que o governador considerou como diferencial de Pernambuco é o planejamento de médio prazo - o Programa Pernambuco 2035 - com o qual o centro de voos se enquadra. “O ‘hub’ se encaixa com perfeição no futuro que queremos para Pernambuco”, frisou Paulo.

“A reunião foi muito proveitosa. Tenho certeza que o Estado e o Município têm absoluta intenção de enviar todos os esforços necessários para a inauguração do ‘hub’ da TAM no Nordeste”, observou Cláudia Sender, acrescentando que há uma grande abertura e uma possibilidade de parceria “muito firme”.

Coube ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, fazer uma apresentação sobre as vantagens de Pernambuco perante os concorrentes.

O HUB - O principal objetivo do “hub” é ampliar a atuação das empresas do grupo em voos entre a América do Sul e a Europa, considerando a posição geográfica estratégica da região Nordeste. Segundo a Latam, o projeto traz oportunidades de novos voos, destinos, rotas e conexões para toda a área ao Norte do Distrito Federal, especialmente as Regiões Norte e Nordeste. O novo “hub” tem foco na ampliação de opções de conectividade para os passageiros, tanto em voos dentro do Brasil, como nas conexões com a América Latina e com grandes centros europeus.

Em entrevista ao jornal “Valor Econômico”, Claudia Sender disse que o novo “hub” vai catalisar a demanda de passageiros no Nordeste. “Uma viagem que deixa de ter 11 horas para durar seis ou sete horas vai permitir que a gente viabilize um preço de passagem que atraia mais passageiros. Isso é importante porque o grande gerador de demanda na aviação internacional no Brasil é o de passageiro brasileiro”, afirmou a executiva da TAM.

De acordo com a Latam, o projeto ampliará a capilaridade das operações no Brasil, na América do Sul e no mercado internacional, aumentando os destinos atendidos na Europa. “Também reforçará a liderança do Grupo na América Latina, incrementará a conectividade oferecida aos clientes e otimizará a cobertura do fluxo de passageiros e de carga do/para o Brasil com outros mercados”, disse Cláudia.

A comitiva pernambucana que esteve na TAM também contou com o vice-governador Raul Henry, os secretários estaduais Márcio Stefanni (Fazenda), Thiago Norões (Desenvolvimento Econômico), Felipe Carreras (Turismo), Ennio Benning (Imprensa), e José Neto (Assessoria Especial), e os secretários municipais Camilo Simões (Turismo) e Roseana Amorim (Desenvolvimento Econômico).

BNDES - Também em São Paulo, o governador Paulo Câmara se reuniu com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Foi a primeira reunião de trabalho de Paulo com o dirigente da instituição de fomento. Em pauta, os financiamentos que o banco tem em Pernambuco nas áreas de infraestrutura e desenvolvimento social.


Com informações da Assessoria de Comunicação do Governo de PE
Foto: Ennio Benning/Sei
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.