Header Ads

Prefeitura divulga programação do Carnaval do Recife 2019

Capital do Nordeste,  Recife se destaca no ciclo carnavalesco pela pluralidade de manifestações culturais e sua autenticidade. Nos palcos e ruas da cidade, os foliões e brincantes confraternizam ao som do centenário frevo e suas diversas manifestações como blocos e clubes de bonecos, blocos Líricos, Tribos de Índio, Caboclinhos, Escolas de Samba, Afoxés, Ursos, Bois de Carnaval e maracatus de Baque Solto e Virado. Uma festa onde o folião é rei e a rua é do povo, uma confraternização na qual as mais diversas sonoridades são vivenciadas em todas as regiões da cidade. Em 2019, a maior festa popular do estado também presta reverência ao samba, presente no cotidiano da cidade desde o início do Século XX, e homenageia dois representantes da nova e também da já consolidada cena do samba local: Gerlane Lops e Belo Xis.

Entre os dias 1 e 5 de março, a Prefeitura do Recife se preparou para fazer jus à grandiosidade do evento. No período, 45 polos irão espalhar alegria por toda a cidade, um a mais do que o ano precedente uma vez que o Segundo Jardim irá ganhar uma tarde dedicada à folia mirim no domingo de Carnaval (3 de março).

Pelos polos passarão agremiações tradicionais que encantam recifenses e visitantes, além de artistas da terra como Spok, Maestro Forró, Antúlio Madureira, Nena Queiroga, Almir Rouche, Almério e André Rio.

Ainda participam da nossa folia nomes nacionais como Baiana System, Monobloco, Alcione, Fafá de Belém e Paralamas do Sucesso. Outros nomes confirmados são Gaby Amarantos, Fundo de Quintal, Jorge Aragão e Leci Brandão, Natiruts, entre outros. O Cordel do Fogo Encantado promete incendiar o Marco Zero na segunda de Carnaval (4) com o retorno em grande estilo ao Carnaval do Recife.  

Na sexta (1), o show de abertura, idealizado por Dielson Pessoa com direção musical de César Michiles inovará com inclusão, tecnologia e amplia o olhar para os dançarinos e movimentos da periferia. Em seis cenas, o espetáculo, intitulado ‘O Carnaval de Todo Mundo’ trará à luz o caldeirão afro-brasileiro, a festa da periferia, batalha de passinhos, evolução de escolas de samba além do rolezinho do Centro Comunitário pela Paz (Compaz), com a atuação de corpo mirim de bailarinos da instituição, que possui unidades no Cordeiro e no Alto de Santa Terezinha. Os homenageados do Carnaval, Belo Xis e Gerlane Lops prometem fazer uma bela batucada em shows que terão as participações especiais de nomes como Péricles, Mariene de Castro, Pretinho da Serrinha e Marcelinho Moreira.

No sábado (2 de março), o Marco Zero será palco de um projeto inédito que reúne os amigos Lula Queiroga, Pedro Luís, Roberta Sá e Marcelo Jeneci. No domingo (3), o samba desembarca na terra do frevo e traz ao palco nomes como Leci Brandão e Alcione, além de Monobloco. Na segunda (4), o pop e o rock prometem incendiar o Bairro do Recife com a presença de Cordel do Fogo Encantado, que retorna ao Carnaval em grande estilo. Quem também ocupará o palco será Jota Quest, além da banda Cascabulho, que celebra seus 25 anos de estrada com as participações especiais de Tony Tornado, Zezé Motta e Daúde.

O tradicional encerramento, na terça de Carnaval (5), será temperado ao melhor do frevo com Alceu Valença, Elba Ramalho, e Spok Frevo Orquestra, que traz ao palco a atriz e cantora Tânia Alves. Também sobe ao palco no último dia de festa a mais pernambucana das paraenses, Gaby Amarantos. O Orquestrão saudará a quarta-feira de Cinzas em tom de despedida com o melhor do frevo local.

Para vestir a cidade e entrar no clima da festa, a Prefeitura inova, assumindo integralmente, pela primeira vez, a decoração momesca. Após mais de uma década de bons serviços prestados à cidade do Recife, o arquiteto Carlos Augusto Lira se despede do ciclo carnavalesco para dar espaço aos novos talentos e o desafio foi assumido pela Gerência Geral de Arquitetura e Engenharia da Fundação de Cultura Cidade do Recife e pela Diretoria Executiva de Comunicação Institucional.

Para o desafio, o time vai reverenciar o folião e o amor pelo Carnaval com uma paleta de cores quentes e vibrantes, repletas de texturas criadas especialmente para a festa. Entre as novidades, todas as pontes de acesso ao Bairro do Recife ganharão pórticos com volumetria e serão dedicadas às sonoridades que fazem o caldeirão de ritmos da maior festa do Recife.

A cidade inova também ao retirar da decoração os elementos de chão e colocar enfoque nos elementos aéreos. A medida visa otimizar o fluxo dos brincantes  e enriquecer o olhar com elementos em suspensão: todas as principais ruas do Bairro do Recife receberão cordões e fitas, além de banners com personagens da festa. As árvores, por sua vez, receberão iluminação paisagística com a paleta de cores da sobrinha de frevo.

Outra das inovações é o reforço das campanhas de enfrentamento ao assédio contra as mulheres. Frases como “não é não”, “o corpo é meu” e “violência contra a mulher não cabe nessa folia” são alguns elementos que fazem parte dos personagens momescos, nas mais diversas peças.

E para quem não aguenta esperar até soarem os primeiros clarins de Momo, a Prefeitura anuncia que o Carnaval já começou. Teve início ontem (29), uma programação quase diária de prévias carnavalescas, entre acertos de marcha, Terças Negras Especiais de Carnaval, ensaios de maracatu e encontro de ternos de Caboclinho e Tribos de Índios. No total, serão mais de 40 atividades, que prometem fazer a alegria de foliões e turistas nas comunidades, no Pátio de São Pedro, Rua da Moeda, Marco Zero, Praça do Arsenal e em várias partes da cidade.


PRÉVIAS

55º BAILE MUNICIPAL
Abre-alas da folia, a 55ª edição do Baile Municipal acontecerá no Classic Hall no dia 24 de fevereiro e irá brindar os foliões com muito frevo e samba. Considerada a prévia mais tradicional e querida da cidade, o Baile trará nomes consagrados do frevo como os maestros Spok e Forró, Nena Queiroga, André Rio, Almir Rouche e Gustavo Travassos, além do Coral Edgard Moraes.

Os homenageados da folia, Gerlane Lops e Belo Xis irão levar ao palco participações especiais de nomes consagrados do samba local como Karynna Spinelli, Nego Thor, Luiza Peróla, Wellington do Pandeiro e Orquestra Recife de Bambas. A participação da diva Elba Ramalho no baile já está garantida e, como grande novidade, a noite irá ganhar o brilho da mais pernambucana das paraenses, Gaby Amarantos.

Os ingressos já estão à venda pelo Ticket Folia (https://ticketfolia.com) e o é o mesmo do ano passado: R$ 50,00 (pista) e R$ 600,00 (mesa para quatro pessoas), confirmando o Baile Municipal como a programação mais em conta entre as tradicionais prévias na cidade, que chegam a custar quase o triplo.

ACERTOS DE MARCHAS, ENSAIOS DE MARACATUS, ENCONTROS E CONCURSOS

Antes dos cinco dias oficiais de folia, as manifestações culturais que embelezam e colorem o festejo de Momo no Recife realizam ensaios antecipados, também promovidos pela Prefeitura. Até 28 de fevereiro, turistas e foliões irão desfrutar de 50 encontros e ensaios de blocos líricos, maracatus de baque virado e tribos de índio e caboclinhos, além de concursos e passeios a pé e de ônibus promovidos pela Secretaria de Turismo, garantindo uma programação quase que diária para turistas e foliões que queiram vivenciar a cultura popular nos dias que antecedem os festejos.

São eles:

Acerto de Marchas dos Blocos de Pau e Cordas - Às quintas e sextas-feiras, a partir das 19h, no Pátio de São Pedro, bairro de São José. No total, acontecerão seis encontros nos dias 31 de janeiro, 01, 07,08, 14 e 22 de fevereiro. No total, 33 blocos participam dos acertos e a principal novidade de 2017 é o retorno do Bloco da Saudade ao encontro. No dia 31 de janeiro, primeiro dos Acertos de Marcha, eles encerram a noite em grande estilo com os maiores sucessos de Getúlio Cavalcanti.

Terça Negra especial de Carnaval - Nos dias 05, 12, 19 e 26 de fevereiro o Pátio de São Pedro irá sediar as edições especiais da Terça Negra, com shows e evoluções ligadas à Cultura Afro.

Encontro de Caboclinhos e Baques - Nos dias 20 e 21 de fevereiro, o Pátio de São Pedro vai sediar o 10º encontro de Baques de Caboclinho, que vai reunir Ternos de Agremiações de Caboclinhos e Tribos de Índio. Os eventos, abertos ao público, começam às 19h. O ‘baque’, ‘terno’ ou ‘tocadores’, denominações dadas ao grupo musical, é constituído comumente de três a quatro pessoas, sempre do sexo masculino. Há grupos que utilizam três instrumentos: gaita, tarol - também conhecido como surdo ou bombo - e caracaxás – ou mineiroNo dia 27 de fevereiro, a Rua da Moeda e a Praça do Arsenal sediam o encontro de Caboclinhos e tribos de índios, que vão fazer suas evoluções para a multidão.

Encontro de Baques – 20 e 21 de fevereiro - Pátio de São Pedro, às 19h.

Encontro de Caboclinhos e Índios – dia 27 de fevereiro, rua da Moeda, às 19h.

Concursos – O Pátio de São Pedro e o Teatro Beberibe também serão palco de Concursos como o de Rei Momo e Rainha do Carnaval, Porta Estandarte, Porta Flabelo, Mestra Sala e Porta Bandeira, além de Passistas, que, juntos, distribuirão R$ 148,7 mil em prêmios. Sempre ao som de muito frevo, as apresentações têm horários variados.
Confira:

  • 08 /02 - Semifinal do concurso de Rei e Rainha do Carnaval – Teatro Beberibe, às 20h
  • 15/02 – Final do Concurso de Rei e Rainha do Carnaval – Pátio de São Pedro, às 20h
  • 11 e 13/ 02- Concursos: Flabelista, Porta Estandartes (Caboclinhos, Tribo de Índios, Clubes de Frevo, Troças Carnavalescas, Maracatus de Baque Virado e Baque Solto e Bois de Carnaval), Mestre Sala e Porta Bandeira. Pátio de São Pedro, às 17h
  • 16/02 - Concurso de passista Juvenil (masculino e feminino), passista de rua (passista folião masculino) – Pátio de São Pedro, 17h
  • 17/02 - Concurso adulto Masculino e feminino: passista de rua (passista folião feminino) – Pátio de São Pedro, 17h
  • 20/02 – Concurso de Fantasias – Teatro Beberibe, 20h

Ensaios de Nações de Maracatus - As 12 Nações de maracatus que vão encerrar as atividades da semana pré-Carnavalesca, com apresentação no Marco Zero no dia 28 de fevereiro (quinta), começam a ensaiar nesta terça (29). No total, serão 17 ensaios que acontecem nas comunidades e na Rua da Moeda. Os encontros culminarão no encerramento da semana pré-Carnavalesca, com a apresentação TUMARACA, o Encontro das Nações, que acontecerá no Marco Zero, na quinta-feira que antecede os festejos (28 de fevereiro).


TURISMO E LAZER

Com foco no tradicional carnaval recifense, a programação da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer durante o mês de fevereiro irá percorrer o circuito de agremiações e vivenciar importantes pontos históricos da nossa folia. São eles:

Música na Igreja - O projeto que oferece apresentações de música instrumental dentro de igrejas da cidade oferece uma linda apresentação na Madre de Deus. No dia 3 de fevereiro, às 17h, os expectadores vão assistir de forma gratuita uma apresentação da Orquestra de Pau e Corda do tradicional Bloco das Flores.

Olha! Recife - Mostrando a cidade e a sua história para recifenses e também turistas, o Olha! Recife é o projeto de sensibilização turística da Prefeitura do Recife, realizado pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer. Durante o mês de fevereiro, não vão faltar roteiros que vão contar e mostrar as riquezas do Carnaval recifense.

Começando no dia 6 de fevereiro, às 14h, o Olha! Recife a pé vai levar os participantes para um passeio pelo Centro do Recife. Passando pelo Paço do Frevo e estátuas de artistas ligados ao Carnaval, além da sede do Galo da Madrugada, o roteiro promete deixar todos com vontade de brincar pela programação que se aproxima. No dia 9, também às 14h, o Olha! Recife de ônibus vai para a Zona Norte, mostrando as sedes da Agremiação Carnavalesca Caboclinho Sete Flechas; Escolha Gigantes do Samba e Troça Abanadores do Arruda.

E os passeios continuam. No dia 10, às 9h, acontece o passeio a pé vai contar a história das várias ruas que são cantadas em músicas carnavalescas, com direito a trilha sonora acompanhando todo o percurso. No dia 13, às 14h, será a vez do maior bloco de rua do mundo. O Galo da Madrugada será tema de roteiro e as pessoas poderão não só conhecer a sede deste bloco como também um pouco do percurso feito por milhares de foliões no Sábado de Zé Pereira.

Como frevo nunca é demais, no dia 16, às 14h, o passeio de ônibus vai levar os inscritos ao Paço do Frevo, Clube das Pás e clube Guerreiros do Passo. No dia 17, às 9h, com o tema poetas e carnavais, os participantes passearão por estátuas de artistas ligados ao carnaval local como Naná Vasconcelos, Antônio Maria, Chico Science e Capiba. Para encerrar, no dia 20, às 14h, o tema será polos de Carnaval. Os participantes vão conhecer os principais polos no Centro do Recife, como Avenida Guararapes, Pátio do Terço, REC Beat, entre outros.

Todos os passeios são gratuitos e contam com guias de turismo. As inscrições devem ser feitas pelo site www.olharecife.com.br, sempre nas sextas-feiras que antecedem os roteiros.

BLITZ E INTERVENÇÕES TURÍSTICAS 

Uma vasta programação aguarda os visitantes que chegarão no Recife para os festejos de momo. Entre os dias 28 de fevereiro e 2 de março, os hotéis da cidade serão palco para a ação de marketing  da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife que vai promover a edição 2019 do verdadeiro Carnaval de rua do Brasil.

A Blitz nos Hotéis acontece com atores e passistas de frevo levando música e animação a 32 hotéis espalhados pela cidade, começando pelo Hotel Atlante Plaza, no dia 28. A proposta começa ao som de um clarinete, que vai encantar os viajantes e convidar todos para curtir o nosso Carnaval. Materiais de divulgação da cidade e informativos da programação festiva serão distribuídos.

E quem desembarcar no Terminal Integrado de Passageiros (TIP), nos dias 28 de fevereiro e 1º de março, será recepcionado com muito frevo e alegria. A ação também vai receber os viajantes que desembarcarem no Terminal Marítimo, no dia 1º.

No Marco Zero e na Avenida Rio Branco, passistas e orquestra de frevo convidarão o público a entrar no clima da festa, nos dias 15 e 22 de fevereiro. E nos dias 10, 17 e 24, a ação segue para o calçadão da Orla de Boa Viagem.

DIA DO FREVO

Para celebrar o gênero musical que é embaixador da folia, no Dia do Frevo (9 de fevereiro), haverá programação na Praça do Arsenal e no Paço do Frevo. Entre as atividades, haverá uma ação com passistas e orquestra, convidando todos que estiverem no bairro para participarem das festividades carnavalescas recifenses.
No mesmo dia, o Caminhão da Malhação estará estacionado no Segundo Jardim de Boa Viagem, colocando todo mundo para cair no frevo.

CARNAVAL

CONCURSO DE AGREMIAÇÕES 
Assegurando passarela para as mais enraizadas tradições culturais pernambucanas, a Prefeitura do Recife, realiza, além das disputas que colorem as prévias momescas, o grandioso Concurso de Agremiações, durante a festa, distribuindo R$ 730 mil em prêmios para os brincantes e brinquedos da cultura popular. Ao todo, participarão 255 agremiações, entre Troças Carnavalescas, Clubes de Frevo, Clubes de Boneco, Blocos de Pau e Corda, Maracatus de Baque Solto, Maracatus de Baque Virado, Caboclinhos, Tribos de Índios, Bois de Carnaval, Ursos (La Ursa) e Escolas de Samba.
Em forma de subvenção, garantindo apoio às muitas gerações de brincantes que se dedicam à salvaguarda da alegria e do patrimônio cultural do Carnaval e da cultura recifenses, a Prefeitura do Recife distribuirá, ao todo, R$ 2.521.735,50. A primeira parcela da subvenção foi paga no último dia 18 de janeiro. A segunda será paga após o Carnaval, mediante comprovação dos desfiles e prestação de contas por parte das agremiações, segundo determinação legal.

HOMENAGEADOS
Este ano, a homenagem do Carnaval 2019 é feita em reverência ao samba. O mais brasileiro dos ritmos. Nascido no Recôncavo Baiano e exportado para Rio de Janeiro no final do Século XIX, o samba teve, entre seus fundadores, por volta de 1900, a presença do pernambucano Hilário Jovino, que havia morado na Bahia e emigrou para o Rio de Janeiro no início do Século passado. Segundo o crítico musical José Teles, é também no Recife, no Jornal "O Carapuceiro", que a palavra "samba" apareceu pela primeira vez na imprensa brasileira, usada nos jornais pernambucanos durante todo o Século 19 para definir uma festa do povo, sobretudo das comunidades periféricas negras que, àquela época, precisavam de licença prévia da polícia. Para celebrar todas as matizes do samba a Prefeitura reverencia os cantores Belo Xis e Gerlane Lops.

Belo Xis – Com 71 anos de idade, Antônio José de Santana, mais conhecido como Belo Xis, é bamba de nascença. Filho de pai e mãe de sambistas, cresceu entre rodas de samba intermináveis no quintal de casa. Chegou a ser jogador de futebol profissional, mudou-se para o Rio de Janeiro e passou por grandes clubes, como Santa Cruz, Sport, Vasco e Madureira. E quanto mais longe de casa estava, mais perto do samba chegava. Na Cidade Maravilhosa, conheceu e gravou com grandes sambistas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Leci Brandão e Neguinho da Beija Flor. Lançou cinco LPs e sete CDs. E ganhou cadeira cativa na ala de compositores da Mocidade Independente de Padre Miguel. Mas seu coração é da Gigantes do Samba e ninguém tasca. Há 45 anos, é compositor e intérprete da escola, na Bomba do Hemetério, que escolheu para pouso e morada de seu coração sambista.

Gerlane Lops – Cantora e percussionista, Gerlane Lops descobriu a música cedo. Aos quatro anos de idade, já cantava no coral infantil Catavento. Mais tarde, decidiu rimar talento, prazer e vocação com formação. Sem soltar o microfone, estudou canto no Conservatório Pernambucano de Música e cursou Licenciatura em Música pela Universidade Federal de Pernambuco. Paralelamente, manteve uma intensa carreira nos palcos, com três CDS e um DVDs gravados e incontáveis apresentações no Recife e em diversas outras capitais do Nordeste e do País. Em mais de duas décadas de muito samba, já venceu vários concursos musicais, embalou muitas multidões e, aos 44 anos de idade, consagrou-se um dos principais sinônimos de samba no Recife.

POLOS
CENTRALIZADOS
Marco Zero, Praça do Arsenal, Pátio do Terço, Praça da Independência, Rua da Moeda, Pátio de São Pedro, Cais da Alfândega, Mercado da Boa Vista, Aurora dos Carnavais

POLOS CONCURSOS DE AGREMIAÇÕES
Avenida Nossa Senhora do Carmo e Avenida do Forte

BAIRROS
Brasília Teimosa, Linha do Tiro, Alto José do Pinho, Ibura de Baixo, Várzea, Cordeiro (Rua da Lama), Lagoa do Araçá, Campo Grande, Coelhos, Jordão Alto, UR-05 (Ibura), IPSEP, Roda de Fogo, Iputinga, Joana Bezerra/ Coque, Mustardinha, Barro, Santo Amaro/ Frei Casimiro, Areias, UR-2 (Ibura), Jardim São Paulo, Bomba do Hemetério, Chão de Estrelas, Nova Descoberta (Pátio da Feira) e Casa Amarela.

INFANTIS
De olho nos foliões mirins, a Prefeitura terá seis polos destinados aos pequenos, um a mais do que o ano precedente, uma vez que o Segundo Jardim ganha atenção especial para os pequenos no domingo de Carnaval à tarde (3 de março). Além do já tradicional polo do Paço Alfândega, os Parques Dona Lindu, Santana, Jaqueira e Macaxeira irão atender a população com uma programação diversificada e diuturna. Outra novidade fica por conta da Praça do Arsenal, que contará com programação voltada para a garotada a partir das 16h, na terça (5).

CORREDORES COMUNITÁRIOS
Morro da Conceição, Três Carneiros e Buriti.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE ALGUNS DOS PRINCIPAIS POLOS

Marco Zero
Sexta (1)
Sábado (2)
Domingo (3)
Segunda (4)
Terça (5)
Abertura
Lula Queiroga, Pedro Luiz, Roberta Sá e Marcelo Jeneci
Samba no Recife, com Adriana B e convidados locais (homenagem a Bráulio de Castro)
Gustavo Travassos + Beto Hortis + Luciano Magno + Coral Edgar Moraes
Alceu Valença
Gerlane Lops
Fafá de Belém
Leci Brandão
Jota Quest
Gaby Amarantos
Maestro Forró + Nena Queiroga + Almir Rouche
André Rio + Quinteto Violado + Banda de Pau e Corda e Som da Terra
Alcione
Cascabulho + Zezé Mota + Daúde + Tony Tornado
Elba Ramalho
Belo Xis
Paralamas do Sucesso
Monobloco
Cordel do Fogo Encantado
Spok Frevo Orquestra + Tânia Alves




Orquestrão

Arsenal
Sábado (2)
Domingo (3)
Segunda (4)
Terça (5)
Claudio AlmeidaAntúlio MadureiraOrquestra Santa MassaCoral Edgar Moraes/ Getúlio Cavalcanti/ O Bonde
Antônio NóbregaFamília SalustianoMaestro DudaMaciel Salu
Tibério AzulRoberta SáDerico AlvesYlana Queiroga + SKA Maria Pastora
Geraldo Azevedo + Transversal Frevo OrquestraSagramaAdiel LunaAndré Rio
Romero FerroSilvério PessoaAlmério
Quinteto Violado

Pátio de São Pedro
Sábado (2)
Domingo (3)
Segunda (4)
Terça (5)
Dia da DiversidadeMaestro Edson RodriguesBelo XisBia Marinho
Romero FerroAcademia da BerlindaIsaar
Marcelo JeneciOrquestra Henrique DiasMaciel Salu
Geraldo AzevedoSibaFlaira Ferro
Lia de ItamaracáDino Braia
Beto do Bandolim

Samba da Moeda
Sábado (2)
Domingo (3)
Segunda (4)
Terça (5)
Maria PagodinhoCybelle do CavacoWellington do PandeiroTelmo Santiago
Gerlane LopsAlex RibeiroAdriana BHilton de Oliveira
Paulo PerdigãoKarynna SpinelliPaulo Viola do RecifeCris Galvão
Xico de AssisMesa de Samba AutoralLuisa PérolaSelma e Nascimento
Belos Xis e Ramos SilvaCantor Leno GaleriaLetto do CavacoAborto do Cavaco

OCUPAÇÃO HOTELEIRA
No Recife, são mais de 16,3 mil leitos. Só o bairro de Boa Viagem, um dos mais procurados pelos turistas, conta com 45 hotéis. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (Abih-PE), a expectativa é ocupação acima de 95% para o período.

CENTRAL DO CARNAVAL E ARENA GASTRONÔMICA 
Os foliões não ficarão desassistidos durante os dias de Momo. A Central do Carnaval 2019 estará montada ofertando serviços diversos, além de uma ampla Arena Gastronômica, com restaurantes para todos os gostos. O endereço já é conhecido por todos, na Rua do Observatório, pertinho da Praça do Arsenal.

O Centro de Atendimento ao Turista (CAT) Móvel estará estacionado na porta de entrada da Central, ofertando informações turísticas diversas para todos. O funcionamento será entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março, das 16h à 0h.

A FOLIA DAS AGREMIAÇÕES E BLOCOS DE RUA
Em 2018, 431 blocos e troças foram licenciados pra desfilar no Carnaval, no período pré e pós. Em 2019, as inscrições estão abertas até o dia 15 de fevereiro, e podem ser feitas pelo site da Prefeitura.

Nenhum comentário