Header Ads

TJPE lança projeto Cultura Cidadã nesta quinta-feira (14.02)

O emprego da arte como agente de fortalecimento da cidadania e da defesa dos direitos dos cidadãos. Essa é a proposta do Projeto Cultura Cidadã, que será lançado nesta quinta-feira (14/2), pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). O evento gratuito e aberto ao público acontece a partir das 19h, no auditório Desembargador Itamar Pereira da Silva Júnior, na Escola Judicial (Esmape), localizada na rua Desembargador Otílio Neiva Coêlho, s/n, Ilha Joana Bezerra, no Recife, ao lado do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. De iniciativa da Assessoria de Cerimonial da Presidência por meio do setor de Relações Públicas, o encontro irá reunir o professor Fernando Limoeiro, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e atores e atrizes pernambucanos.

A programação tem início com a realização de uma palestra intitulada “Teatro e mobilização social”, proferida pelo professor Fernando Limoeiro. Ele é autor de vários livros, dentre os quais “A queixa”, que aborda o combate à violência contra mulheres, crianças e adolescentes e grupos étnicos; a diversidade; e as relações de gênero, dentre outros temas. O docente irá contar um pouco de sua experiência de atuação como dramaturgo dirigindo o grupo teatral da UFMG, Trupe a Torto e a Direito, e sua parceria com a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) com o projeto “O Amor não se Maltrata”.

O tema da violência doméstica será apresentado também, após a palestra, através de uma leitura dramatizada do livro “A queixa. Participam atores e atrizes profissionais do Recife, alguns premiados nacionalmente, que se apresentarão junto com a Trupe do Faz de Conta, grupo de teatro do TJPE, representado pelas servidoras Déa Cavalcanti e Ruby Silva. Entre os convidados, Magdale Alves, Suzana Costa, Ivonete Melo, André Riccari, Arion Santos, Eduardo Japiassu, Alexandre Sampaio, Saturnino Araújo e Jomeri Pontes.

Segundo a idealizadora do projeto, a servidora e relações públicas do Cerimonial do TJPE, Sônia Bierbard, o Projeto Cultura Cidadã propõe apresentar, periodicamente, a magistrados, servidores e público em geral, “cases” de empresas públicas e privadas e de tribunais brasileiros que utilizem as manifestações artísticas no fortalecimento da cidadania e na defesa dos direitos dos cidadãos. “O projeto vai ao encontro do lema ‘Inovando para Pacificar e Unir’ da gestão atual do TJPE, pois utiliza a arte teatral como elemento pacificador e de união. É a arte que mais aproxima as pessoas, facilitando a disseminação de ideias e ideais”, defende a atriz Sônia Bierbard, uma das homenageadas do Festival Janeiro de Grandes Espetáculos 2019.

Nenhum comentário