Header Ads

Educação do Paulista promove dia azul em comemoração ao Dia Mundial do Autismo

Cerca de 150 alunos autistas da rede municipal de ensino do Paulista tiveram uma manhã repleta de atividades lúdicas nesta terça-feira (02.04), em alusão à comemoração ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Os alunos e seus familiares se juntaram aos professores e apoios educacionais para comemorar a data de uma forma especial, com direito a contação de história, jogos, brincadeiras e apresentações culturais com arte-educadores, na área de eventos do Paulista North Way Shopping, área central da cidade.
Presente ao evento, Fernanda Carla, que é mãe de Maria Eduarda da Silva de nove anos de idade, que estuda no quarto ano da Escola Municipal Amaro Alexandrino, disse que já consegue perceber uma evolução no desenvolvimento da filha. “Resolvi matricular minha filha numa escola pública porque a escola privada não estava preparada para receber minha filha. Percebi muitos avanços na aprendizagem dela. Antes, ela não sabia escrever e não sabia reconhecer as letras. Agora, Ela já sabe fazer o nome dela. Hoje se você ditar uma carta, ela sabe escrever. Inclusive na socialização com os outros colegas, ela melhorou muito. Enfim só tenho a agradecer!”, enfatizou.
A Coordenadora da Educação Especial Bernadete Brandão comentou sobre a importância do trabalho desenvolvido diariamente nas escolas. “A criança com deficiência é matriculada na rede como qualquer outra criança. Nós não trabalhamos com a deficiência e sim com a funcionalidade. Então nós fazemos uma avalição diagnóstica, um trabalho com a família para conhecer o perfil desse aluno. A partir dessa análise, nós fazemos planejamentos individuais para trabalharmos a inclusão e as adaptações necessárias em sala de aula”, finalizou.
“Os pais que têm filhos com deficiência hoje têm segurança em deixar seus filhos na rede municipal de ensino porque nós estamos preparados para recebê-los. Nós temos apoio em todas as salas de aula. Nós investimos na formação dos professores de sala de também os que atuam no Atendimento Educacional Especializado (AEE) e realizamos um trabalho sistemático com todos os alunos”, disse o secretario Municipal de Educação, Carlos Júnior.
A rede municipal de ensino do Paulista conta com 18 polos de atendimento especializado, que dão apoio complementar no contraturno para os estudantes com qualquer tipo de deficiência. Atualmente, 200 estudantes com autismo são atendidos pelas escolas do Paulista. Dando suporte no aprendizado desses alunos, ao todo, 300 profissionais especializados atuam como apoio em sala de aula e 32 professores estão voltados ao Atendimento à Educação Especializada (AEE).

Nenhum comentário