Header Ads

Mais um posto de combustível irregular é interditado pela Sefaz-PE

A Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco concluiu ontem fiscalização em um Posto Revendedor de Combustíveis, localizado na cidade de Agrestina, no agreste do Estado, que resultou em sua interdição. O estabelecimento estava adquirindo e revendendo mercadorias sem emitir notas fiscais. “Este caso faz parte de uma ação realizada pela SEFAZ-PER, durante esta semana, em 40 postos revendedores de combustíveis no Estado, que resultou na cobrança de imposto e multa revertida aos cofres do Estado no valor de R$ 229.711,89”, explicou o chefe da Unidade de Apoio a Ação Fiscal, Graco Mesel.
Durante as fiscalizações, os auditores da Sefaz-pe realizam diversos procedimentos, dentre eles a intimação para a apresentação de livros, documentos e equipamentos Fiscais, de uso obrigatório e que, por determinação legal, devem ser conservados no estabelecimento para exibição às autoridades fiscais. E neste posto de Agrestina, após a análise da documentação apresentada e a medição do estoque de combustíveis, foi constatado que o Posto Revendedor de Combustíveis adquiriu e revendeu mercadorias sem a emissão de notas fiscais para a comercialização.
Dando continuidade à ação fiscal, foi efetuada interdição cautelar para apuração das irregularidades e após a regularização e pagamento de multa, o posto voltou a funcionar.  Segundo Graco Mesel, a ação da SEFAZ/PE “é resultado da intensificação do acompanhamento do mercado de combustíveis, uma vez que em janeiro e março deste ano, um posto revendedor de combustíveis na cidade de Condado e outro em Gloria do Goitá foram interditados por receptação qualificada, e os inquéritos policiais estão em andamento”.

Nenhum comentário