Header Ads

Workaholic: saiba o que é e como identificá-lo nas atividades diárias

Se você é uma pessoa que trabalha constantemente mais de 12 horas por dia, leva o trabalho para casa, ou não consegue se desligar dos compromissos profissionais em momentos de lazer e descanso, certamente você é uma pessoa Workaholic. Entretanto, se você não se enquadra em nada do que foi citado, continue a leitura e saiba se é uma doença, se tem tratamento ou se tem cura.
Um termo pouco conhecido, e mesmo assim frequente nos dias atuais, o Workaholic não pode ser considerado uma doença para quem apenas trabalha muito. Diante disso, esta pessoa precisa se sentir satisfeita e competente com o trabalho, porém sem haver exageros, pois é preciso ter equilíbrio nas atividades diárias e profissionais. O problema em trabalhar demais, eventualmente está caracterizada em pessoas que usam o trabalho para justificar outras limitações.
Existem alguns sintomas que podem indicar o Workaholic, contudo, o objetivo não é diagnosticar a vivência profissional das pessoas, mas, gerar uma autoanálise para que se adote novos hábitos. Por isso, confira alguns sintomas que são necessários atenção de quem pratica:
- Conferir e-mails do trabalho várias vezes ao dia, mesmo nas horas vagas;
- Fazer refeições na mesa do trabalho, inclusive enquanto executa algumas funções;
- Evitar tirar férias;
- Falta tempo para cuidar da alimentação, praticar atividades físicas e até ir ao médico;
- Preferir atividades profissionais a programas com família e amigos;
- Ter dificuldades para dormir e se sentir exausto com frequência;
- Não ler livros fora do ambiente de trabalho;
- Passa a maior parte do dia e da noite focado nas atividades profissionais.
Se não bastasse esses indícios, pessoas que sofrem de Workaholic sempre deixam os cuidados com a saúde para depois, correndo riscos de alimentar mal e passara a cultivar hábitos ruins, como fumar e beber excessivamente, dormir mal e abusar de medicamentos.

Nenhum comentário