Header Ads

Hiperidrose: saiba o que é e se há tratamento para esta doença

O suor é uma reação automática para regular a temperatura do nosso organismo. No entanto, para algumas pessoas, essa reação pode se tornar um grande pesadelo. A hiperidrose é uma doença que provoca suor excessivo em várias partes do corpo, no qual a pessoa chega a transpirar muito, até mesmo em repouso. É normal suar quando estiver com calor, praticando atividades físicas ou em situações de raiva, nervosismo ou medo. Entretanto, a hiperidrose ocorre mesmo sem a presença de qualquer um desse fatores, e isto se deve, porque a glândulas responsáveis pelo suor funcionam exageradamente.
O suor nas axilas ou em outras partes do corpo, é um suor necessário para o organismo. Mas, existem alguns fatores que caracterizam a anormalidade da transpiração, como exemplo, o suor excessivo nas mãos; o corpo estar sempre suado, mesmo em ambientes com baixa temperatura; e o suor em excesso em situações de ansiedade e estresse. Esta enfermidade possui diferentes causas, entre elas estão os fatores emocionais, hereditários e desenvolvimento do próprio corpo. As regiões acometidas pela hiperidrose são o rosto, axilas, palmas das mãos, planta dos pés e virilha.
Segundo especialistas, há dois tipos de hiperidrose; a primária focal, que costuma surgir na infância ou adolescência; e a secundária generalizada, onde a pessoa transpira em todas as áreas do corpo ou em regiões incomuns. No tipo primária focal, a pessoa não passa por esse sufoco enquanto dorme, pois o cérebro está um pouco adormecido. Já no tipo secundária generalizada, a pessoa transpira excessivamente até mesmo enquanto dorme. No Brasil são mais de 6 mi de pessoas que sofrem com esta enfermidade. Entretanto, existem algumas formas de amenizar esse desconforto.
Existem hoje alguns tratamentos disponíveis para o tratamento da hiperidrose, como cirurgias, uso de desodorantes com durabilidade máxima ou medicamentos. Porém, o uso destes remédios também trazem alguns efeitos colaterais, como, boca seca, tonturas, entre outros. Em casos de intervenção cirúrgica, o tratamento para hiperidrose consiste no rompimento de um nervo que é responsável para transmitir a mensagem do cérebro até o local do corpo onde contém mais suor. Mas, o rompimento desse nervo pode ocasionar algumas lesões, caso o médico não seja experiente ou não possua nenhuma especialidade no assunto. Por isso, o paciente deve ter bastante atenção e cuidado para fazer qualquer tipo de tratamento.

Nenhum comentário