Header Ads

Seis mil mulheres capacitadas em Pernambuco pelo Ela Pode

O Programa Ela Pode, que teve a última edição de 2019 realizada nesta quarta-feira (18), no município de Goiana, na Região Metropolitana do Recife, concluiu a capacitação de cerca de seis mil mulheres em Pernambuco. No Estado, mais da metade da meta determinada para ser finalizada até 2020 foi cumprida pela ação criada pela Rede Mulher Empreendedora, apoiada pelo Google, pelas secretarias estaduais do Trabalho, Emprego e Qualificação e da Mulher. O total é de 10.732 mulheres até o final do próximo ano.   

O evento de encerramento em Goiana foi realizado no Cine Teatro Pollyteama, na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, com a presença do Poder Executivo e Legislativo, bem como de parceiros privados que se dispuseram a ser mais um braço do programa para incentivar às mulheres que resolveram reservar um dia inteiro na agenda para aprender conteúdos novos. 

No desfecho da ação, estiveram presentes, por exemplo, o prefeito em exercício Eduardo Onori, os secretários estaduais Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação); Silvia Cordeiro (Mulher), a embaixadora da Rede Mulher Empreendedora, Verônica Ribeiro, vereadora Olga Sena, o presidente da Autarquia Municipal do Ensino Superior de Goiana, Alcides França, entre outros. “A mulher necessita do apoio do governo e eu sei o que vocês fizeram. Vocês fizeram e vieram com gosto de gás. O poder só pode servir para isto, para respeitar e para servir”, disse Olga, num reconhecimento ao papel do governo estadual nesse processo. 

“Sempre gosto de falar o caso de Michele obama. Ela foi para um restaurante com Obama e chegou lá, no restaurante, e encontrou um ex-namorado. Michele, naquele momento, disse que tinha sido namorada dele. Obama disse: se você tivesse casado com ele, você seria dona de um restaurante, mas ela respondeu: não. Ele que seria presidente”, discursou Alberes Lopes, enfatizando a importância do empoderamento da mulher. 

As capacitações do Ela Pode começaram em outubro deste ano, foram feitas de forma presencial e gratuita, trazendo aprendizado sobre finanças, liderança, comunicação, networking, marca pessoal, negociação e ferramentas digitais. A estratégia tem sido importante no empoderamento feminino, na inclusão social, resgate da autoestima. “Nos fizeram acreditar que atrás de um homem tem sempre uma grande mulher. Tem não. É ao lado do homem que as mulheres se fazem presentes e constroem o desenvolvimento e um lugar no mundo”, disse Silvia Cordeiro. 

“Estou muito feliz de estar aqui. Faço bolsas para praia, principalmente, e preciso de algumas coisas novas para o meu negócio, como uma máquina de costura melhor, mas vou aprender muito aqui”, disse Verônica Flávia Correia da Silva, 59, que sentou na primeira fila do teatro, de apostila e caneta na mão para anotar tudo que ouvisse durante a capacitação. Verônica abraçou algumas pessoas presentes no evento. “Estou feliz”.

Nenhum comentário