Header Ads

Paço do Frevo retoma atendimento ao público a partir de amanhã (10)

Em cumprimento à determinação do Plano de Convivência com a Covid-19 do Governo de Pernambuco, que autorizou a reabertura dos museus na capital pernambucana, o Paço do Frevo será o primeiro equipamento cultural mantido pela Prefeitura do Recife a retomar atividades. Seguindo rigorosos protocolos de higienização e controle de acesso de público, o Paço volta a receber visitantes a partir de amanhã (10), com expedientes presenciais somente de quinta a domingo.

A capacidade de atendimento ao público também será reduzida a partir da suspensão de eventos presenciais, da sinalização do prédio com marcação de distanciamento social e da diminuição da capacidade dos espaços expositivos. Entre as medidas adotadas para garantir a segurança sanitária das instalações, estão ainda a disposição de totens de álcool em gel, a medição da temperatura dos visitantes na entrada e a venda de ingressos online pelo site do museu.

Como instituição museal, cabe agora ao Paço o desafiador papel de se disponibilizar como um laboratório de possibilidades para a sustentabilidade do frevo, a fim de salvaguardá-lo mesmo nos cenários mais severos, como estes que a cultura vem atravessando. “Não é um retorno ao lugar de onde paramos, mas o início de um novo ciclo, ainda repleto de incertezas. Por isso, estamos considerando a retomada das visitações um período de muita cautela, para experienciar e construir colaborativa e coletivamente estratégias viáveis para a manutenção e resistência da cultura popular, de forma consciente, responsável e comprometida com nosso maior patrimônio, que é a vida. Não existe na reabertura um deslocamento da realidade, mas um enfrentamento dos dilemas como forma de permanência e convivência, esse é nosso ‘Frevo Atitude’ ”, pontua Nicole Costa, gerente geral do Paço do Frevo.

Os protocolos da reabertura do Paço incluem:

- Implantação de horário reduzido de atendimento ao público: qui e sex, 10h às 16h; sáb e dom, 11h às 17h

- Uso obrigatório de máscaras que cubram nariz e boca para equipe e visitantes

- Realização de ciclos de formação sobre protocolos sanitários

- Limitação de acesso: 50 pessoas por hora

- Implantação de sistema de venda de ingressos online com horário programado

- Instalação de tapetes sanitizantes e anti umidade

- Marcação no piso do distanciamento de segurança

- Realização de triagem com termômetro infravermelho

- Instalação de TV informativa geral

- Aquisição de EPIs para colaboradores

- Aquisição e instalação de ventiladores

- Aquisição de totens de álcool gel

- Readequação de fluxo de circulação de visitantes (escadas, entrada e saída)

- Suspensão das atividades artísticas

- Readequação layout do café para 50% da capacidade

- Marcação nas exposições indicando distanciamento de segurança

- Implantação de agendamento de visitas e pesquisas no Centro de Documentação

- Uso controlado do elevador - máximo 4 pessoas por vez

Paço do Frevo - O espaço cultural apresenta-se como um local de incentivo à difusão, à pesquisa, e à formação de profissionais nas áreas da dança e da música, dos adereços e das agremiações do frevo. Ao longo de seis anos, recebeu quase 650 mil visitantes, teve mais de 2 mil alunos formados em suas atividades e promoveu mais de 600 apresentações artísticas. Paço do Frevo é uma iniciativa da Fundação Roberto Marinho, com realização da Prefeitura do Recife e gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). O projeto conta com o patrocínio master do Itaú, apoio cultural do Itaú Cultural e apoio Grupo Globo através do Ministério da Cidadania, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Nenhum comentário