Header Ads

2ª edição do “Futebol Solidário” é realizada no Paulista

O estádio municipal Ademir Cunha sediou, na tarde deste domingo (22), a 2ª edição do “Futebol Solidário”. Coordenada pela equipe da ONG “Mães Guerreiras de Pernambuco”, a iniciativa visa promover uma maior interação entre os pais de jovens e crianças autistas.

Diferente da primeira edição, o jogo beneficente esse ano não aconteceu no mês de agosto (mês em que é comemorado o dia dos pais). Isso devido à indisponibIlização do estádio Ademir Cunha, que estava sendo utilizado para jogos de competições profissionais.

Em campo, ficaram frente à frente duas equipes que já eram campeãs antes mesmo da bola rolar, os “Pais Guerreiros” e os “Super Pais”. Após uma hora de jogo disputado, tudo terminou como deveria, com um empate em 6x6, onde a vitória ficou com a interação.

“Tocamos bastante no assunto da criança autista e de sua mães, muitas vezes deixando de valorizar o pai. Então o evento vem nesse sentido, de dar visibilidade à eles. Os pais, que de fato permanecem auxiliando as mães após o diagnóstico das crianças, merecem atenção e reconhecimento”. afirmou Naiane Nogueira, presidente da ONG,

A ONG “Mães Guerreiras de Pernambuco” fica localizada na Rua 51, nº 217, Jardim Paulista Baixo. Atualmente, 45 crianças recebem atendimento multidisciplinar no local. O trabalho de terapia é oferecido por uma equipe de 12 voluntários que trabalham especificamente com crianças autistas. 

Nenhum comentário